O que procuram, a farsa ou a tragédia?

Setores neoconservadores ressuscitam discurso anticomunista e tomam o golpe de 1964 não como episódio de vergonha para o país, mas como exemplo a ser seguido

Por Maria Inês Nassif – Há pouco mais de uma década, seria impensável a qualquer representante de parcela do pensamento político brasileiro usar o golpe de 1964 como propaganda política. A ditadura militar foi capaz de envergonhar uma parcela enorme da população brasileira, inclusive a esmagadora maioria que se arrependera de apoiá-la – e muita gente a apoiou por atos, pensamentos ou omissões.

Greenhalgh: Ainda há traços nítidos da ditadura na sociedade brasileira

Greenhalgh acredita no processo de democratização do Estado brasileiro

Por Marilza de Melo Foucher – Um dos principais quadros da sociedade civil no front do Judiciário, durante os anos de chumbo da ditadura militar que completa 50 anos, o advogado Luiz Eduardo Greenhalgh falou à correspondente do Correio do Brasil em Paris, Marilza de Melo Foucher, para as edições especiais do caderno Ditadura Nunca Mais!

Transferência de papéis movimenta setor tecnológico no Brasil e nos EUA

A oferta pública primária de papéis da empresa pode movimentar até R$ 22,75 bilhões

O grupo de telecomunicações Oi divulgou nesta quarta-feira o número máximo de ações que pretende emitir na operação de aumento de capital necessária para a fusão com a Portugal Telecom. O volume financeiro da operação pode ficar perto de R$ 23 bilhões, bem acima de estimativa inicial da companhia.

Helicópteros Robinson: 42 mortes em 97 acidentes na década

Números assustadores colocam em xeque a eficiência e segurança do aparelho

Por Leandro Mazzini – Números assustadores colocam em xeque a eficiência e segurança do aparelho: Com a revelação da Coluna dos sucessivos acidentes com os helicópteros Robinson no Brasil – os chamados ‘bolhas’ – a Aeronáutica contabiliza, desde 2003, 42 mortes em 97 acidentes com três tipos de modelos da fabricante no País.

O Golpe de 1º de abril e seu arsenal de mentiras

Golpistas de ontem e de hoje fazem referência ao 31 de março como data oficial porque sempre temeram que o movimento ficasse conhecido por seu verdadeiro nome.

Por Antonio Lassance – A começar por sua data de nascimento. Seus defensores dizem que ele ocorreu em 31 de março, e não em 1º de abril mentira. Dizem que foi uma revolução mentira. Que aconteceu para evitar que o país fosse transformado em uma ditadura comunista mentira.

Nível de reservatórios das hidrelétricas fica abaixo da meta prevista pelo ONS

O nível dos reservatórios das hidrelétricas das regiões Sudeste e Centro-Oeste chegou a 36,27% da capacidade máxima

O nível dos reservatórios das hidrelétricas das regiões Sudeste e Centro-Oeste chegou a 36,27% da capacidade máxima. A expectativa do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) era que o nível de água desse sistema, responsável pela geração de 70% da energia consumida no país, estivesse em 36,9% no último dia de março.

Aldo Rebelo diz que nenhuma obra é mais fiscalizada do que as da Copa do Mundo

Aldo Rebelo, disse nesta terça-feira que “no Brasil, não há nenhuma obra mais fiscalizada e mais acompanhada do que as obras da Copa”

Perguntado sobre o último relatório do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) que apontou superfaturamento das obras no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha de mais de R$ 431 milhões, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, disse nesta terça-feira que “no Brasil, não há nenhuma obra mais fiscalizada e mais acompanhada do que as obras da Copa”.

Alunos brasileiros têm baixo desempenho em avaliação internacional

Alunos de escolas públicas participam de preparação especial para competições internacionais

A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) divulgou nesta terça-feira o resultado do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) que testou a habilidade de alunos de 15 anos em resolver problemas de raciocínio lógico relacionados a situações práticas do cotidiano. O Brasil ocupa o 38° lugar entre os 44 países que tiveram a habilidade de seus estudantes avaliada.

Repressores da ditadura espionavam alunos até na hora do recreio

Os estudantes conseguiram fazer um levante contra a ditadura, apesar da repressão cada vez mais feroz

A ditadura imposta ao país após o golpe de Estado de 1964 construiu um serviço de informações (SNI, Doi-CODI etc) do qual não escapavam nem mesmo os alunos secundaristas dos educandários do Estado, no Rio de Janeiro. O controle sobre os estudantes foi registrado em longos dossiês, sobre as atividades de cada um, suas amizades, [...]

Ditadura nunca mais: Levante Popular pede punição aos torturadores

Militantes do Levante Popular abrem faixa em manifesto contra a tortura, prática comum nos anos de chumbo da ditadura

Por Marilza de Melo Foucher – Tanto a geração que viveu a ditadura e os que nasceram depois de 1964, têm o compromisso de contribuir com o fortalecimento da democracia e reafirmar no dia 1º de abril: Ditadura Nunca Mais!