Publicidade

Manifestantes marcham pela democracia em Hong Kong

Milhares de manifestantes saíram às ruas de Hong Kong em um protesto por democracia plena

Milhares de manifestantes saíram às ruas de Hong Kong em um protesto por democracia plena nesta quarta-feira e pediram a renúncia dos líderes da cidade, controlados pelo governo chinês, semanas depois de o Legislativo local ter votado contra um pacote de reforma eleitoral apoiado pelos dirigentes do Partido Comunista em Pequim.

O direito contra a direita

Rep/Web

Por Leonardo Boff – Contra a direita política, que busca saídas alheias à democracia, devemos usar o direito. Não podemos aceitar a quebra da ordem democrática.

O direito contra a direita

Rep/Web

Por Leonardo Boff – Prolongando reflexões anteriores, vejo que para tentarmos sair da atual crise (se possível) duas pressuposições devem ser consideradas seriamente. Caso contrário há o risco de perdermos tudo o que tivermos projetado.

Há 35 anos, uma greve

greve

Por Selvino Heck – Há 35 anos, 1980, uma greve sacudiu o Brasil. Naqueles tempos bicudos da ditadura militar, quem ousaria fazer uma greve que parasse por 41 dias o coração da indústria brasileira de então, o ABC paulista e suas poderosas montadoras de automóveis?

Em defesa da ética e da democracia

HSBC

Por Raul Pont – Os partidos que se reivindicam a favor dos princípios democráticos devem dar um exemplo concreto de que não são coniventes com nenhuma forma de corrupção.

Por que não há uma narrativa pública alternativa?

Rep/Web

Por Venício Lima – Cinco meses se passaram desde o segundo turno das eleições presidenciais de 2014. Os votos foram apurados, o Tribunal Superior Eleitoral declarou um vencedor que tomou posse e assumiu o poder.

O PT, Lula, Dilma, os golpistas e a alternância

Nem toda oposição é golpista, contestar, divergir, faz parte da democracia, onde costuma haver alternância no poder

Por Rui Martins – Trinta anos depois do fim da ditadura, a democracia brasileira parece não ter chegado ainda à maturidade. A palavra alternância no poder, integrada nas velhas democracias europeias, continua provocando problemas de digestão. Não sou político, tenho o defeito dos jornalistas independentes e suas manias de objetividade (mal vistos pelo que depreendo de muitos blogs), e é nessa condição que corro o risco de meter a mão nesse vespeiro atual.

Vitória para a democracia da Nigéria

Thomas Mösch é chefe da redação hauçá da DW

Por Thomas Mösch – “Parabéns, Nigéria”, seria o caso de se dizer. Não por Muhammadu Buhari ser uma escolha especialmente feliz como presidente, mas porque, pela primeira vez desde o retorno à democracia, ocorre uma troca de poder no país.

Alvo é a democracia

Rep/Vermelho

Por Paulo Moreira Leite – Bem medidas as coisas, o ataque de Joaquim Barbosa e Sergio Moro ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, é um ato que tenta afrontar a autoridade da presidente Dilma Rousseff.

Renan Calheiros e Aécio trocam acusações no Senado

Senado

O Senado foi palco de troca de acusações entre o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL) e o senador Aécio Neves (PSDB-MG) na noite de quarta-feira.