Primeira semana de Rock in Rio não foi apenas de música


A noite de metaleiros no Rock in Rio consagrou a banda Mettalica

A primeira semana do Rock in Rio não foi apenas de música e diversão. Longas filas para comprar lanche, excesso de sujeira e problemas com a segurança estiveram entre as maiores reclamações do público. Os inúmeros casos de furto trouxeram preocupações para os frequentadores do festival.

Segundo a polícia, houve redução nos casos de furto neste domingo, mas os fãs ainda se queixavam do tempo levado para alimentação e também pediam melhoria na questão da limpeza do local.

A noite de metaleiros consagrou a banda Mettalica. James Hetfield (voz e guitarra), Lars Ulrich (bateria) – que, juntos, fundaram o Metallica – e mais Kirk Hammett (guitarra) e Robert Trujillo (baixo) mostraram na noite deste domingo no Rock in Rio porque o grupo continua com o prestígio intacto desde que foi criado há 30 anos, em 1981.

O grupo californiano abriu a noite com Creeping Death e For Whom The Bells Tolls, do álbum Ride The Lighting, lançado em 1984, e depois atacou com Nothing else matters (1990) e Cyanide (2000) levando o público ao delirio.

Durante o show de duas horas, que só terminou às 3h30m, o quarteto ainda encontou espaço para relembrar Am I evil? Whiplash e Seek and destroy antes de receber um verdadeiro tributo dos metaleiros com uma longa sessão de aplausos, talvez a mais longa do festival até agora, mostrando que os quatro ainda são a maior atração quando se trata do heavy metal.

Outra grande atração metaleira da noite, o Motörhead – formado por Lemmy, Phil Campbell e Mikkey Dee – não deixou por menos e fez um show azeitado e cheio de sucessos, mesmo caminhoa seguido pelo Sepultura e pelo pessoal do Slipknot, que levou ao delírio os fãs com seus riffs pesados e seu visual exótico e uma homenagem especial ao ex-baixista da banda, Paul Gray, morto em 2010.

Comentários

  1. Engraçado que a imprensa não comenta o uso de drogas em excesso, as agressoões, o sexo indiscriminado, sem falar dos estupros que ocorrem.
    Isso a imprensa esconde, inclusive a rede globo que adora lucrar com esse lixo de divertimento.