Miguel Pereira recebe serviço de Tomógrafo Móvel

3/2/2014 10:50
Por Redação, com ACS - do Rio de Janeiro


Equipamento também atenderá à demanda de mais seis municípios do entorno

Equipamento também atenderá à demanda de mais seis municípios do entorno

Miguel Pereira receberá nesta terça-feira, o serviço de Tomógrafo Móvel da Secretaria de Estado de Saúde. O equipamento também atenderá à demanda de mais seis municípios do entorno: Paty do Alferes, Engenheiro Paulo de Frontin, Paracambi, Mendes, Vassouras e Japeri. A unidade, que tem a capacidade de atender 450 pacientes e realizar 500 exames permanecerá no município até 15 de fevereiro. O atendimento no município será feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h, e aos sábados, das 7h30 às 15h. O Tomógrafo Móvel tem capacidade para realizar 70 exames por dia.

Criado em 2009 pela SES, este é o primeiro serviço itinerante de diagnóstico por imagem do país a percorrer os municípios levando possibilidade de tratamento aos usuários do SUS. O segundo tomógrafo adquirido está no Hospital Estadual Albert Schweitzer. Os dois equipamentos já atenderam 65.314 pacientes e realizaram 86.061 exames. A SES também disponibiliza o serviço de Ressonância Magnética Móvel, que já atendeu 23.596 pacientes, realizando 28.044 exames. O equipamento se encontra em Angra dos Reis, permanecendo neste município até o dia 27 de fevereiro.

Agendamento – Os agendamentos dos serviços de tomografia são feitos pelas secretarias municipais de Saúde, que recebem o pedido médico do paciente, encaminham a planilha com as demandas para o serviço da SES e informam os pacientes sobre a data, hora e local do procedimento. Quem tem celular, recebe essas informações via torpedo telefônico até 48 horas antes do dia marcado. Após um período de 10 a 15 dias úteis, o município entrega os resultados ao paciente para que sejam encaminhados ao seu médico.

Rapidez, o tomógrafo móvel foi criado para atender aos moradores de cidades em que não há esse tipo de exame na rede pública ou onde o serviço existente não é capaz de suprir a demanda. Instalado numa carreta especial, fabricada e montada por uma empresa norte-americana, o equipamento é capaz de realizar um exame de corpo inteiro em 30 segundos, enquanto os aparelhos convencionais levam entre 20 e 40 minutos. O serviço funciona com gerador externo ou eletricidade externa, mas possui um gerador próprio, com capacidade para operar de oito a nove horas por dia.

Reforço nos Serviços Móveis – Mulheres do Estado do Rio de janeiro, desde o dia 7 deste mês, já podem ter acesso ao serviço de Mamografia Móvel. O equipamento já realizou mais de 500 exames, desde quando o serviço foi implantado. O primeiro município a receber o mamógrafo móvel, foi Niterói. Atualmente, o equipamento se encontra em Duque de Caxias, permanecendo até 26 de fevereiro.






Os comentários às matérias e artigos aqui publicados não são de responsabilidade do Correio do Brasil nem refletem a opinião do jornal.

Deixe um comentário