Centro de Controle de Zoonoses realiza desratização na região do Matão

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Sumaré iniciou nesta semana o trabalho de desratização nas galerias pluviais da região do Matão. Essa ação será realizada, das 8h às 17h, em todas as regiões do Município, inclusive no Cruzeiro. De acordo com a veterinária e coordenadora do CCZ Michela Santa Rosa Vilela, a colocação de iscas atrativas é feita nas galerias, onde a população e animais domésticos não têm acesso.

“Esse trabalho é realizado geralmente duas vezes no ano, fora do período das chuvas. As iscas são colocadas em blocos, no bueiro, e presas por uma estrutura metálica, no qual podemos controlar se o veneno foi consumido”, explicou. Michela destaca ainda o que o cidadão precisa fazer para ajudar a Zoonoses no combate aos roedores. “Acondicionar o lixo corretamente em sacos plásticos e em latas tampadas; colocar o lixo na rua somente na hora que o coletor passa para recolher; vedar frestas ou vãos que possam servir de passagem para ambientes internos; manter terrenos baldios limpos e murados; vistoriar garagens e sótãos; recolher o prato de comida de cachorros e gatos após os animais se alimentarem; e não acumular entulhos. Esses são os cuidados que devemos tomar”.

Apesar de o veneno ser colocado nos bueiros de toda a cidade, os roedores se reproduzem com muita rapidez, havendo condições ideais de alimentação e abrigo. Uma única fêmea pode gerar até 12 filhotes, num período de gestação de 19 a 22 dias.

Qualquer dúvida os sumareenses podem agendar uma visita da equipe do CCZ. Na vistoria o local será analisado e tomado, a partir disso, as medidas cabíveis. O Centro fica na Avenida da Saudade, s/n, próximo ao cemitério. A população pode ligar no 3883 7486. 

 

CCZ

 

O Centro de Controle de Zoonoses é instituição municipal com competência e atribuição para desenvolver serviços de: controle de zoonoses: raiva, leptospirose, toxoplasmose, teníase e cisticercose; controle de doenças transmitidas por vetores: dengue, febre amarela, leishmaniose, malária, e doença de chagas; prevenção de agravos por animais peçonhentos: serpentes, escorpiões, aranhas, abelhas, entre outros; controle de animais incômodos: pombos, morcegos, baratas, moscas, caramujos, entre outros.

O Centro oferece à população serviços como: vacinação contra raiva canina e felina; avaliação clínica veterinária para animais suspeitos de Raiva e Leishmaniose, previamente apontados por clínicos veterinários; coleta de material e envio para laboratório (raiva e leishmaniose); programa de adoção de animais e posse responsável; programa de castração; treinamento aos profissionais da área de saúde e palestras educativas à população; visitas domiciliares para orientação sobre o controle de zoonoses: Leishmaniose, Dengue, Febre Amarela e Raiva e também de animais incômodos e animais peçonhentos; vistoria para orientação e/ou notificação no caso de irregularidades zoosanitárias, como a criação de animais domésticos, falta de higiene; disposição irregular de lixo; maus tratos e criação inadequada de animais em área urbana, entre outros; eutanásia em animais portadores de zoonoses.

O CCZ não realiza atendimento clínico veterinário (consultas); coleta de caramujo ou apreensão de outros animais incômodos (por haver respaldo legal de proteção ambiental); fornecimento e aplicação de inseticidas para controle de pragas ou raticidas, à população; fornecimento e aplicação de outra vacina que não a Anti-rábica à população; coleta de sangue para exame de Leishmaniose de animais não incluídos no Inquérito Canino.