Adolescentes do Projovem vivenciam experimentos científicos através do ‘Projeto Praticando Ciências’

Tendo como objetivo contribuir para um conhecimento cultural e científico em relação as ciências do nosso cotidiano, proporcionando a socialização dos participantes do Projovem com temas abordados na relação ‘Ciências e Cidadania’, a Secretaria da Criança do Adolescente e de Políticas Sociais firma parceria com a Associação Caruaruense de Ensino Superior (Asces), através dos projetos de extensão desenvolvidos na instituição.

 

O Projovem de Caruaru inova com a Oficina Ciências e Comunidade através do ‘Projeto Praticando Ciências’, que consiste em atividades lúdicas e interativas, visando aproximar os jovens de uma realidade acadêmica levando-os a vivenciar experimentos científicos e assim protagonizar melhorias em sua comunidade, abordando assim temas que envolvem a juventude e seu dia a dia. “Trabalhos como esse, ampliam o horizonte dos jovens para a realidade na qual eles estão inseridos, tornando a ciências mais próxima da realidade vivida na comunidade e uma aprendizagem prazerosa, algo que faz parte das nossas práticas cotidianas, pontuou Isabela Ramos, coordenadora do Projovem/Caruaru.

 

O Projeto Praticando Ciências envolve os seguintes projetos de extensão: ‘Estudo sobre plantas medicinais em Caruaru’, ‘Implantações de Hortas medicinais comunitárias’, ‘Identificando parasitoses nas comunidades’ e ‘Águas do Agreste’, que são realizadas nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) das comunidades de Taquara, Pau Santo, Gonçalves Ferreira, Itaúna, Xicuru, Bonança e Centenário.

 

A programação é composta de quatro momentos. Na primeira etapa os adolescentes assistem a palestras acerca dos benefícios das plantas medicinais, como prevenir parasitose e a diversidade de ervas medicinais que podem ser encontradas na nossa vegetação, em seguida é realizada a coleta de material bioquímico, assim como amostras da água que é usada na comunidade. No terceiro momento, o material é analisado nos laboratórios da Asces com a presença dos adolescentes do Projovem, diagnosticado os tipos de parasitoses comuns a maioria das pessoas.

 

Os resultados são distribuídos em uma grande ação comunitária com palestras, aferição de pressão e teste de glicose. Finalizando o programa, de acordo com os resultados apresentados nos exames, hortas medicinais comunitárias são implantadas nas comunidades e mini cursos sobre os cuidados e manipulação de plantas medicinais são ministradas para a população.

 

A primeira grande ação do ano será realizada na comunidade de Pau Santo, zona rural do município, nesta quinta-feira, 19, a partir das 13h.